Melhores medicamentos para tratar Candidíase

Cerca de 75% das mulheres têm ou já tiveram episódios de candidíase vaginal. A candidíase é causada por fungos do gênero Candida.  Esse tipo de enfermidade não é classificada como uma doença sexualmente transmissível.



O que é candidíase?

A candidíase é uma infecção causada pelo crescimento excessivo de um tipo de fungo, chamado Candida. Esse fungo é encontrado em quantidades pequenas no corpo humano, convivendo de forma harmoniosa. No entanto, alguns fatores podem influenciar no crescimento e proliferação desse fungo, causando sintomas desconfortáveis.

A candidíase pode acometer a pele, as unhas, órgãos genitais, gargante, boca e corrente sanguínea. A mais comum é a candidíase vaginal , uma inflamação na vagina que afeta os tecidos na vulva.

Causas e fatores de risco da candidíase

Existem alguns períodos em que a mulher fica mais propensa a ter candidíase, são ele:

  • Gravidez;
  • Tratamento com antibióticos;
  • Diabetes não controlada;
  • Durante o fluxo menstrual;
  • Tratamento com pílulas anticoncepcionais;
  • Tratamento com corticoides;
  • Ser soropositivo ou ter outra doença que deixe o sistema imunológico debilitado;
  • Vestuário inadequado (roupas apertadas e biquínis molhados; lycra e roupa de academia que aumentam a temperatura vaginal);
  • Duchas vaginais em excesso.

Sintomas da Candidíase Vaginal

A candidíase vaginal se caracteriza por alguns sintomas, esses sintomas são:



  • Coceira na região genital;
  • Ardência na região próxima à entrada da vagina (vulva);
  • Leve inchaço dos lábios vaginais (grandes lábios);
  • Corrimento branco grumoso (aspecto de queijo cottage).

Outros sintomas que podem ocorrer são:

  • Dor durante a relação sexual;
  • Secreção grossa;
  • Grandes lábios vermelhos e inchadas;
  • Queimação na região próxima à vulva;
  • Dor ao urinar;
  • Feridas na região da vagina;
  • Pele rachada da região próxima à vulva.

A candidíase também pode acometer os homens, causando:

  • Erupção no pênis;
  • Coceira no órgão genital;
  • Ardência na ponta do pênis.

Como tratar a candidíase

A candidíase é diagnosticada a partir da anamnese do paciente, exames nas áreas afetadas, e teste laboratoriais (secreção para teste).



A partir do diagnóstico, a candidíase pode ser tratada com com medicamentos antimicóticos e pomadas antifúngicas – ambas de uso local. Caso o sintoma persista, pode ser que o médico prescreva um medicamento de uso oral por tempo prolongado, de forma a evitar que a candidíase retorne.

Gynopac-flogo-rosa

Os medicamentos que podem ser usados para o tratamento de candidíase são:

  • Canditrat;
  • Clindamin-C;
  • Clocef;
  • Colpatrin;
  • Colpistatin;
  • Daktarin;
  • Fentizol;
  • Flogo Rosa;
  • Fluconazol;
  • Gynazole-1;
  • Gyno-Icaden;
  • Gynopac;
  • Icaden;
  • Itraconazol;
  • Nistatina (creme);
  • Nistatina (solução);
  • Nitrato de Miconazol (creme vaginal).

Como prevenir o surgimento da candidíase?

Para evitar o desenvolvimento dos fungos responsáveis pela candidíase, causando irritação, evite:

  • Usar produtos perfumados na região íntima ;
  • Situações de estresse;
  • Alimentos com alto teor de açúcar;
  • Passar muito tempo com o mesmo absorvente;

Faça:

  • Uso de roupas íntimas limpas e de preferência de algodão;
  • Higiene do anus e da vagina, da frente para traz;
  • Uso de sabonetes específicos para região íntima.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Quer um Cartão de Crédito com limite de até R$: 1200,00 para comprar medicamentos e produtos de higiene podendo dividir em até 5x s/Juros?

Cartão de Crédito MasterCard Farmácias Pague Menos
Cartão de Crédito VISA Farmácias Pague Menos

 

Deixe um comentário