O que é um antiinflamatório

Toda infecção no corpo é combatida por nosso organismo sempre. Ele tenta buscar anticorpos para se defender e coloca toda a sua força para o local de inflamação. Para evitar esse desgaste do corpo é que foram criados os anti-inflamatórios, medicamentos criados em laboratório para ajudar a combater inflamações.



Os anti-inflamatórios são vendidos em farmácias em todo o Brasil com ou sem receita médica. Mas como medicamento, deve ter seu uso acompanhado por um médico sempre e seguir a receita a risca. Sempre há na bula uma indicação de uso, mas esta pode divergir do seu tratamento, então siga o médico e deixe que ele acompanhe o caminhar do uso.

anti-inflamatoriosTipos de anti-inflamatórios

Os anti-inflamatórios podem ser de dois grupos: esteroides, que usam em sua base de fórmula os corticoides e responsáveis por inibir as prostaglandinas e proteínas relacionadas com o processo inflamatório. O outro tipo é o e não-esteroides, responsáveis por inibir a inflamação e a dor.

Anti-inflamatórios não são remédios para dor, mas eles agem diminuindo ou aliviando a dor porque são também analgésicos, por isso há sempre um alívio imediato da dor após o uso, ao menos por algumas horas. Mas tomar um remédio para a dor não é a mesma coisa que tomar um medicamento para a inflamação. Eles são também antipirética, ajudando a aliviar a febre.

Há versões de anti-inflamatórios dos mais diversos tipos, como comprimido, a mais comum, creme e spray aerosol. Cada uma serve para um tipo de inflamação, mas o comprimido serve para todas. No geral, indica-se o spray e o creme para quem está com uma inflamação pontual na pele, mas pode-se usar as duas versões ao mesmo tempo, desde que seja indicada pelo médico.



Efeitos colaterais do anti-inflamatórios

Os laboratórios preveem uma série de efeitos colaterais com o uso de anti-inflamatórios. Os mais comuns são náuseas, dores de cabeça e coceira para quem usa a versão em creme, mas há muitos outros.